Google+ Followers

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Esportes Caninos, o Envolvimento Cão,Tutor e Treinador.

As atividades esportivas que envolvem cães são divertidas. Existem muitas opções disponíveis e seu cão irá adorar o entusiasmo e o exercício. Cada esporte oferece uma perspectiva diferente do treinamento e aumenta suas habilidades.

Uma vez que tenha completado o treinamento básico, você e o seu cão estarão prontos para começar a treinar para um dos muitos esportes caninos disponíveis. Os esportes caninos lhe dão objetivos e metas para treinar e realmente melhorar suas habilidades de treinamento e o seu conhecimento. Eles permitem conhecer novos amigos com interesses parecidos e, quando atingir o estágio de competições, o levará para diferentes partes do país que ainda não havia visitado.

A participação em esportes caninos, irá fornecer ao seu cão exercícios e a oportunidade para estimulá-lo mentalmente e a ligação (o vínculo) entre vocês se tornará mais forte.
Não há nada como trabalhar em conjunto com seu cão para atingir metas.

Que esporte praticar?

Decida quais esportes parecem mais atraentes para você. A decisão sobre qual esporte você deve se envolver depende do que está disponível na sua área bem como pelo seu gosto particular.

Irei abaixo listar alguns esportes praticados no mundo todo.   

Agility:

Um dos esportes mais populares do mundo, cuja as regras foram baseadas no hipismo.
O objetivo é terminar a prova sem cometer infrações e no menor tempo possível, tornando assim o agility uma prova de Habilidade, onde a Velocidade é critério decisivo de desempate.
É um esporte que envolve habilidade e velocidade, exigindo que os cães enfrentem uma grande variedade de obstáculos.

Não há restrição de raça ou porte para praticar o esporte e é o esporte mais praticado no mundo pelos tutores de cães. 

Agility

Freestyle e o Heelwork to music:

 É um esporte que é muitas conhecido como dança com cães, é uma atividade bastante popular. Ela combina movimentos coreografados à música para apresentar uma rotina ensaiada – uma ótima diversão para cães e seus tutores.

Heelwork: foi desenvolvido no inicio da década de 1990, no Reino Unido, para mostrar ao público como isto pode ser interessante e acabou por espalhar-se com rapidez pelo mundo todo. O esporte gradualmente se desenvolveu e o Freestyle foi criado graças ao desejo de demonstrar outras manobras nas quais o cão sai da posição do heelwork.
  
Freestyle: o Freestyle é um esporte muito divertido, principalmente para o público assistir, sendo atualmente a escolha mais popular de competição mais popular.
São dados aos competidores quatro minutos para demonstrar rotinas, acompanhados de música escolhida pelos competidores. Eles são julgados de acordo com o conteúdo do programa (uma maior variedade de movimentos ganha mais pontos), de acordo com a precisão e execução do movimento e de acordo com a interpretação musical.


Tanto o Heelwork to musica como o Freestyle, estão abertos a quaisquer raças de cães e também a qualquer idade do condutor. 

Heelwork to music


Freestyle

Flyball:

O Flyball é divertido e bastante enérgico. Os times de cães correm, pulam pequenos obstáculos para alcançar uma caixa de Flyball, que entrega uma bola que precisam pegar antes de pular os obstáculos mais uma vez para voltar aos seus condutores.
O esporte se originou na Califórnia na década de 1960. A caixa de Flyball, é uma máquina que atira uma bola pelo ar quando o cão precisa correr até a caixa atravessando uma série de quatro obstáculos, pulando por eles pelo trajeto, e pressionar o pedal da caixa, que lança a bola. O cão precisa pegar a bola e então carregá-la, passando pelos obstáculos de novo, levando-a de volta ao dono.

Qualquer cão ativo pode participar e não há restrição de raças.

Flyball

Cani-cross:  
Este esporte consiste em praticar corrida em terreno irregular onde o tutor e o seu cão, estão em total harmonia em busca não só de vitórias, mas de muita diversão. Pode ser praticado com um ou dois cães, sempre atrelados por uma guia ao condutor. O condutor normalmente usa um cinto,Waist Belt, que se conecta a corda elástica e ao Running Harness, uma espécie de colete de tração no cão. A corda elástica reduz o choque tanto no condutor, como também no cão quando ele traciona.
Origem O esporte é originário da Europa, mais especificamente do Reino Unido, onde foi criado como forma de treinamento para cães de trenó ou tração. No trenó, o início do treinamento era realizado com o cão atrelado a guia e a guia atrelado ao condutor, para que o cão adquirisse confiança em tracionar algo. Note que sempre que você colocar um cão para puxar algo ligeiramente pesado, nas primeiras vezes ele se sentirá incomodado e muito desconfiado, por isso a prévia corrida com o condutor. Notando que esta parte do treinamento era algo prazeroso para ambos, decidiram que este poderia ser um hábito bom, mais tarde se tornando o canicross.
Canicross

Competições de Obediência e Trabalho
 Os mais conhecidos –
 - IPO ou Shutzhund (cão de proteção)
- Mondio Ring Francês
- Mondio Ring Belga (NVBK)
- KNPV
São esportes que exigem o máximo do cão e condutor, onde envolvem treinadores experientes e sérios que visam através desses esportes avaliar os indivíduos caninos e raças com maiores aptidões para as funções exigidas na obediência, proteção e faro.
O treinador/condutor, também é avaliado rigorosamente pelos juízes.  
As regras e exercícios podem variar de acordo com o país e a modalidade, mas todos possuem estágios mais fáceis para iniciantes – aumentando a dificuldade conforme o cão e o condutor progridem a níveis mais altos. Os exercícios incluem uma série de trabalhos, sem guia. As classes mais elevadas podem exigir soltura após chamado, pular, controle à distância e exercício de distinção de odores.
 Embora populares, principalmente no Continente Europeu, são mais praticados por treinadores de cães do que os tutores, principalmente no Brasil onde ainda estes esportes precisam se desenvolver de forma mais popular.
 Competições:
Elas consistem numa série de exercícios parecidos aos usados para treinar cães policiais, os cães e os condutores progridem através de vários obstáculos e situações, qualificando-se, antes de avançarem para o próximo nível. 


FONTES: "Como Treinar um Supercão" 
Autora: Gwen Bailey
Editora: Alta Books

Werbsite: Wikipédia.

Nenhum comentário: