Google+ Followers

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Vai Viajar com o seu Animal? Leia as Dicas de Transportes de Animais



Retirado do UOL:

Viajar é sempre uma delícia. Mas explorar novos lugares e culturas ou até mesmo visitar um amigo antigo ou família exige planejamento. Para quem tem animais então o trabalho é redobrado. Quem planeja levar o bichinho durante os dias fora de casa deve estar atento aos cuidados e regras para o transporte de animais.
No último dia 31 de março a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) publicou no Diário Oficial novas regras para o transporte de animais pelas linhas rodoviárias intermunicipais em São Paulo. A partir de agora só podem viajar de ônibus no estado os animais com no máximo 10 kg. Além disso, eles devem ser transportados em uma caixa apropriada e possuir um atestado sanitário emitido por um veterinário até 15 dias antes da viagem. A grande mudança está na tarifa. A nova regra exige que o animal pague uma tarifa integral do trecho pelo assento utilizado pelo bichinho. No caso das aves é necessária uma autorização de trânsito emitida pelo Ibama.
Já quem vai cair na estrada de carro deve garantir que os bichos viagem sempre no banco de trás e com a cabeça dentro do veículo (nada de curtir um ventinho). Eles devem estar em caixas de transportes adequadas ao seu tamanho ou com a guia presa ao cinto de segurança. Outra alternativa são os cintos de segurança feitos especialmente para cães, que lhes garante mais conforto e podem ser encontrados em pet shops.
Mas, se a viagem for de avião, fique atento e entre em contato o quanto antes com a companhia aérea. Isso porque cada empresa tem regras próprias para o transporte dos pets e a maioria estipula um número máximo de animais por vôo (normalmente dois). Vale lembrar também que todas as companhias exigem a carteira de vacinação do animal, comprovando que as vacinas estão em dia e um atestado de saúde emitido por um veterinário até uma semana antes do embarque. Segue abaixo as regras para transporte de animais da Gol, TAM e Azul.


TAM
A empresa permite o transporte de cães e gatos tanto na cabine quanto no porão do avião. Na cabine são permitidos animais que pesem, junto com a caixa de transporte 10 kg (esse detalhe é importante porque todas as companhias contam sempre o peso do animal mais o peso da caixa, portanto se o seu pet já pesa 10 kg, provavelmente ele não se encaixará nesse padrão). Se o peso for superior a isso, ele deverá viajar no porão.
São permitidos somente dois animais por vôo, por isso é aconselhável se informar antes de comprar a passagem se tem vaga para o bichinho no mesmo vôo. O serviço custa R$ 90 mais 0,5% do valor cheio da tarifa multiplicado pelo peso do animal mais a caixa. Mas fique atento, pois o valor cheio da tarifa pode não ser o mesmo que você pagou. Por exemplo, se você pagou R$ 200 por uma passagem promocional, mas o preço cheio do bilhete é de R$ 800, o peso será multiplicado por 0,5% de R$ 800.


Gol
Nesse caso quem é responsável pelo transporte é a Gollog (serviço de transporte de cargas), uma vez que só é permitida a viagem de animais no porão. Os animais devem viajar em caixas de transporte adequadas para seu tamanho e resistentes (a companhia aconselha fibra de vidro ou plástico rígido). Na Gol também é cobrada uma taxa fixa de R$ 90 mais 1% do valor da tarifa cheia (a mais cara) vezes o peso do animal mais caixa.


Azul
Todos os animais são transportados na cabine, mas só podem viajar aqueles que pesem, junto com a caixa de transporte, no máximo 5 kg. Podem viajar até três animais por vôo e a tarifa é fixa em R$ 100.

Fonte:


http://revistaminhaviagem.blog.uol.com.br/arch2011-04-01_2011-04-15.html#2011_04-08_19_02_21-157730790-0

Nenhum comentário: